Medidor de glicose e avanços tecnológicos na medicina melhoram a vida do diabético
 
FreeStyle Libre fornece um panorama completo da glicose do paciente ao longo de três meses.

Medidor de glicose e avanços tecnológicos na medicina melhoram a vida do diabético

By Adriana Marmo

Avanços tecnológicos na medicina, como a nova geração de medidor de glicose, têm mudado a relação de pessoas com diabetes na gestão de sua condição. Há muitas ferramentas que o ajudam a conhecer o funcionamento de seu organismo e, assim, lidar melhor com o tratamento, mantendo-se no comando da própria saúde. Nos últimos anos, o foco principal de diversos estudos e pesquisas sobre o diabetes está no controle dos níveis de açúcar no sangue e nos tratamentos que possam trazer, além da eficácia, também comodidade a quem convive com o diabetes1.

Hoje é fácil buscar informações em sites, trocar experiências em grupos de discussão, usar aplicativos que ajudam na escolha de alimentos, monitoram a frequência da atividade física e até controlam as horas de sono. Todas essas novidades impactam de maneira positiva a vida das pessoas em vários aspectos, dos mais complexos procedimentos cirúrgicos a dispositivos de uso pessoal que medem a taxa de glicose no sangue ou a dose de insulina a ser utilizada. São ferramentas que melhoram a qualidade de vida e ainda estimulam maior aderência aos tratamentos.

Há bem pouco tempo era comum ouvir reclamações de pacientes com diabetes quanto às picadas no dedo, necessárias para checar a glicemia. Mas hoje há um novo tipo de medidor de glicose que traz mais conforto e segurança, pois não precisa de sangue para fazer a aferição. O FreeStyle® Libre funciona com um sensor que tem dimensão semelhante a uma moeda de um real e deve ser colado na parte superior traseira do braço. Ele informa os níveis de glicose por meio de ondas eletromagnéticas. Para fazer a leitura, é só colocar o aparelho perto do sensor para que essas ondas sejam captadas e o resultado apareça na tela do dispositivo. Sem furos rotineiros no dedo ou uso de sangue2.

O sensor pode ficar junto à pele por até 14 dias3 e, a cada minuto, mede a quantidade de glicose que está presente no líquido intersticial. Além de mostrar como está o nível da glicose naquele momento, armazena também o valor de oito horas antes e fornece ainda uma estimativa de como vai se comportar nas horas seguintes4.

Com tanta informação em mãos, as pessoas com diabetes ganham autonomia e conhecimento sobre o funcionamento do próprio corpo e sua reação, por exemplo, a alimentos ingeridos, à intensidade e ao horário da prática de atividade física. Assim é possível entender até como os vários tipos de emoções podem afetar na quantidade de glicose no sangue. Conhecimento traz empoderamento e isso acaba mudando a relação entre médico e paciente. Os dois podem trocar mais informações e juntos decidirem os melhores caminhos a seguir.

Referências


1. Sociedade Brasileira de Diabetes http://www.diabetes.org.br/publico/notas-e-informacoes/1522-quando-empoderar-o-paciente-e-tambem-uma-forma-de-tratar

2. Assuntos legais: 1) Escanear o sensor para leitura da glicose não requer lancetas.2) Há três circunstâncias nas quais o teste de ponta de dedo é necessário: a) Durante períodos de rápida alteração nos níveis da glicose (a glicose do fluido intersticial pode não refletir com precisão o nível da glicose no sangue); b) Para confirmar uma hipoglicemia ou uma iminente hipoglicemia registrada pelo sensor; c) Quando os sintomas não corresponderem às leituras do sistema flash de monitoramento da glicose. 3) É necessária a supervisão de um cuidador adulto com no mínimo 18 anos de idade, que seja responsável por monitorar/ ajudar a criança a usar o Sistema FreeStyle Libre e também para interpretar as leituras do FreeStyle Libre.

3. Para ter um panorama glicêmico completo ao longo dos últimos três meses, o sensor deve ser substituído a cada 14 dias e o sensor deve ser escaneado no mínimo uma vez a cada 8 horas.

4. A seta de tendência de glicose talvez nem sempre apareça com sua leitura.


FreeStyle é uma marca registrada Abbott Diabetes Care Inc. em várias juridições. Outras marcas registradas são de propriedade de seus respectivos donos.

2016 Abbott Laboratórios do Brasil Ltda. FS Libre Leitor - RMS ANVISA: 80146501903 FS Libre Sensor - RMS ANVISA: 80146502021 ANATEL: 4072-14-9992