Fabiano Chiarella: de São Paulo para a Maratona de Chicago
 
A Maratona de Chicago será realizada no dia 7 de outubro.

Fabiano Chiarella: de São Paulo para a Maratona de Chicago

By Catarina Arimateia

Apaixonado por esportes desde criança e praticante de corrida há 10 anos, Fabiano Chiarella, 45 anos, realizará um dos seus maiores sonhos em outubro: será um dos representantes da Abbott Brasil na Maratona de Chicago, nos Estados Unidos. A competição será a "cereja do bolo" para quem, como ele, pedala, nada, surfa, anda de skate, joga futebol, faz musculação e não perde um treino.

Na prova seletiva para concorrer a uma das vagas para Chicago, Fabiano correu 21 km em 1h47min. Em Chicago, pretende finalizar os 42 km em 3 horas 45 minutos. Esta será sua segunda maratona. No ano passado, correu a SP City, em São Paulo, e fechou o circuito em 4h4min. "Esperava terminar abaixo de 4 horas", diz ele.

Agenda cheia

Para fazer bonito em Chicago, ele trabalha duro. Às terças e quintas-feiras, acorda às 5 horas, vai de carro até o trabalho, estaciona, corre de 10 a 12 minutos até uma avenida próxima, aluga uma bicicleta e pedala mais 15 minutos até o local onde são realizados os treinos, que começam às 7 horas. Quando chega um pouco mais cedo, caminha pelos arredores até dar o horário de seu treino de corrida, que tem a duração de uma hora e 10 minutos. Depois disso, refaz o caminho de volta ao trabalho de bicicleta.

E tem mais: às quartas-feiras, faz uma hora de musculação à noite. Às sextas-feiras, sai do trabalho mais cedo e passeia de bicicleta com seu filho Lucas de 13 anos. Sábado também é dia de treinar e, aos domingos, pedalar é um ótimo programa para a família.

Dieta específica

Apesar de sempre ter tido uma alimentação saudável, há quatro anos Fabiano decidiu mudar o cardápio. "Minha massa corporal não estava ideal para um corredor, eu tinha pouco músculo. Quando tive um problema no joelho, uma nutricionista refez minha dieta e também indicou suplementação. Hoje como mais arroz integral, feijão preto, verduras escuras. Doces, que adoro, só uma vez por semana. É o mais difícil controlar: meu apelido em casa era Formigão."

Com a mudança na dieta, os resultados vieram rapidamente: ele perdeu seis quilos, ganhou massa muscular e nunca mais teve problemas no joelho. Seu desempenho nas corridas também melhorou: "Senti mudanças tanto no corpo quanto na performance esportiva".

Dieta sólida à parte, os líquidos também merecem a atenção do esportista. Por orientação de um profissional, Fabiano toma Pedialyte Pro antes e depois do treino: toma 200 ml durante o café da manhã e os 300 ml restantes da garrafinha depois das atividades físicas.

De olho em Chicago

Mesmo experiente em esportes e já tendo participado de uma maratona, Fabiano está ansioso com sua primeira prova da Abbott World Marathon Majors. Afinal, a realização de um grande desejo está muito próxima e ele não pode se exceder nos treinos e correr o risco de uma lesão antes da competição.

"Sei que terei de me policiar para controlar a velocidade. Apesar de ser muito competitivo, sou também disciplinado e estou seguindo exatamente as indicações de treinamento. A ansiedade está alta, mas vou ter que me segurar", diz o maratonista.