A CIÊNCIA POR TRÁS DA IMPORTÂNCIA DOS EXAMES DE SANGUE
 
A CIÊNCIA POR TRÁS DA IMPORTÂNCIA DOS EXAMES DE SANGUE

A CIÊNCIA POR TRÁS DA IMPORTÂNCIA DOS EXAMES DE SANGUE

Antes mesmo de você se consultar com seu médico para uma avalição anual ou discutir sobre uma possível preocupação com sua saúde, seu médico deve ter acesso a informações cruciais do seu exame de sangue.

Os resultados de exames diagnósticos, incluindo os exames de sangue, fornecem informações para aproximadamente 70% das decisões médicas.1

Embora um exame de sangue possa parecer simples, o processo diagnóstico em si, nos bastidores, é bastante complexo, e exige equipamentos e técnicos especializados. Mesmo antes de seu sangue ser avaliado, deve ser preparado adequadamente para o analisador. O sangue deve ser centrifugado bem rápido para que as células sanguíneas sejam separadas da porção líquida do sangue, obtendo-se uma amostra de soro ou plasma. Posteriormente, o dispositivo de análise do sangue conta e identifica o formato e o tamanho das células sanguíneas ou afere as reações químicas para detectar as concentrações de determinadas moléculas no sangue. Por fim, os resultados são verificados por um profissional de laboratório qualificado e encaminhados de volta ao médico.

“Vários pacientes consideram que o exame de sangue seja um procedimento simples, porém, não conhecem o que acontece nos bastidores, entre a coleta de sangue e o diagnóstico do médico”, afirma Dr. David Spindell, Vice-presidente de Assuntos Médicos da Divisão de Diagnósticos da Abbott. “Os exames de sangue laboratoriais constituem uma parte vital do processo diagnóstico, auxiliando os médicos a chegar ao diagnóstico correto e determinar o ciclo de tratamento adequado.”

O objetivo da Abbott é desenvolver exames de sangue e tecnologias de diagnósticos de ponta, possibilitando que os médicos definam o melhor tratamento possível de forma mais rápida e precisa.

VOCÊ SABIA?1

  • Existem mais de 100 tipos de exames de sangue disponíveis.
  • A porção líquida do sangue, o plasma, constitui 50-55% do volume sanguíneo total.
  • Alguns dos sistemas diagnósticos automatizados para o sangue podem processar cerca de 3.600 exames por hora.

As informações são fornecidas para fins informativos somente e não substitituem  a orientação de um médico ou outro profissional de saúde. Você não deve utilizar a informação contida aqui para diagnosticar um problema de saúde  ou doença. Você deve sempre consultar um médico ou outro profissional de saúde.

Referência:

1.The Essentials of Diagnostics whitepaper. DX Insights. Janeiro de 2012