Motivação Mental: 5 Formas De Se Manter Em Movimento
 
Preocupado em terminar a corrida? Veja dicas para se preparar mentalmente para a prática de exercícios.

Motivação Mental: 5 Formas De Se Manter Em Movimento

Preocupado em terminar a corrida? Veja dicas para se preparar mentalmente para a prática de exercícios.

Quando falamos sobre maratona, sua mente pode ser sua maior aliada ou sua pior inimiga. Você sabia que seus pensamentos podem ter um impacto significativo em seu potencial de conquista?

“Ter atitude e perspectiva mental corretas podem ajudar você a obter um grande sucesso”, diz a Dra. Beth McQuiston, neurologista, nutricionista e Diretora Médica da Abbott. “Por outro lado, se você mantiver um diálogo negativo em sua mente, você pode sabotar-se. Tão importante quanto treinar seu corpo, é treinar sua mente”.

Para melhorar o treino, é útil entrelaçar componentes mentais em sua rotina diária de exercícios. Acesse o máximo da sua força mental seguindo estas dicas da Dra. McQuiston e da medalhista olímpica em maratona Joan Benoit Samuelson.

Visualize sua vitória
1. Visualize sua vitória

O velho ditado “ver para crer” é verdadeiro mesmo quando a imagem ocorre somente em sua mente.

A prática de visualização é uma ferramenta eficaz para todo corredor, diz McQuiston. A primeira etapa para visualização é limpar sua mente e examinar com cuidado seus pensamentos. Há palavras ou pensamentos negativos flutuando por lá? Se houver, acabe com eles. Próxima etapa: imagine-se atingindo seu objetivo. Seja correr pelo quarteirão ou vencer o prêmio máximo de uma maratona, visualize o sucesso.

“Imagine-se conquistando o primeiro quilômetro, subindo uma colina adiante ou atravessando a linha de chegada com um recorde pessoal”, diz Samuelson. “Lembre-se de nunca acreditar em suas dúvidas; muitas das limitações que você pode achar que são físicas, na verdade são mentais”.

Adquira os hábitos corretos
2. Adquira os hábitos corretos

Tarefas difíceis são mais fáceis de manter quando se tornam hábitos.  

Associar o treino a gatilhos diários o tornará mais automático, diz McQuiston. Por exemplo, associe o ato de beber café pela manhã a uma corrida após o café da manhã, ou amarrar seus sapatos a uma ida à academia. A associação tornará os objetivos mais fáceis de serem alcançados e garantirá que seu treino permaneça como prioridade em sua mente.

 

Não desista caso não consiga manter isso todo o tempo. Hábitos levem cerca de dois meses para serem formados, de acordo com a pesquisa da University College London. Ao mesmo tempo, sinta-se à vontade para agitar sua rotina para manter sua mente fresca, equilibrada e motivada, diz a Sra. Samuelson.

“Isso pode ser tão simples quanto trocar seu café pela manhã por água morna com limão, agitar sua playlist ou correr sua rota favorita ao contrário”.

Pequenos passos levam a grandes distâncias
3. Pequenos passos levam a grandes distâncias

A distância até a linha de chegada parece assustadora. Mas focar em passos menores pode ajudar você a permanecer motivado enquanto se aproxima de cruzar aquela fita.

Comece anotando uma série de objetivos menores, McQuiston recomenda. Caso não tenha experiência em maratonas, foque em fazer uma corrida 5km, depois trabalhe gradativamente para corridas mais longas e rotas mais desafiadoras. Faça uma pesquisa sobre a maratona, fale com corredores que completaram estas corridas ou encontre futuras maratonas perto de você.

“Faça uma série de objetivos realizáveis e, a cada vitória isso dará a você mais confiança e um reforço mental para te impulsionar adiante”, McQuiston diz “você tem que ter um plano de jogo”.

Não se esqueça de incluir linhas de tempo para atingir cada objetivo. E, a cada marco, comemore!

Espere um caminho pedregoso
4. Espere um caminho pedregoso

O caminho para o sucesso é cheio de desafios. Portanto, preveja os obstáculos e incorpore estratégias para superá-los.

Caso sair da cama para se exercitar pela manhã for uma luta, durma com suas roupas de ginástica (limpas!) para que esteja pronto para saltar da cama assim que tocar o alarme, diz Samuelson. Se uma semana de trabalho muito ocupada está prejudicando sua rotina na academia, planeje uma mini sessão de exercícios pela manhã. Relacione a superação de obstáculos a uma recompensa ou um presente especial, acrescenta McQuiston. Associar obstáculos a recompensas ajuda a manter você na linha quando seu cérebro lhe diz para não se exercitar.

Aproveite o poder do exercício verde
5. Aproveite o poder do exercício verde

Exercitar-se ao ar livre pode fazer maravilhas pelo corpo e pela mente. Na verdade, exercitar-se entre a natureza desencadeia os hormônios do “bem-estar”, o que leva a uma maior alegria e satisfação, menciona McQuiston. Em vez de ir à academia, corra em seu parque mais próximo ou faça uma trilha pela floresta.

“O exercício verde é fenomenal, quer você esteja caminhando ou correndo”, diz. “Ajuda a melhorar seu humor, confere uma maior sensação de bem-estar e isso pode ajudar a te acalmar”.

“Se o mau tempo estiver impedindo uma corrida ao ar livre, assista a um programa sobre o meio ambiente ou escute os sons da natureza enquanto se exercita. Até mesmo uma caminhada de 10 minutos pelo quarteirão durante um dia de trabalho estressante pode fazer toda a diferença, acrescenta Samuelson.

“Exercitar-se não se trata apenas do corpo”, diz. “Trata-se também da mente e do espírito. Assim, ajuda estar em um ambiente do qual você gosta”.