A tecnologia que ajudou Regina a viver melhor com diabetes
 
A tecnologia que ajudou Regina a viver melhor com diabetes

A tecnologia que ajudou Regina a viver melhor com diabetes

Estamos contando histórias que inspiram o nosso dia a dia, e nos mantêm na busca constante pelas inovações de amanhã. Achamos que essas narrativas podem inspirar você também.

Aos 11 anos, quando as preocupações das crianças são as brincadeiras e a escola, Regina precisou aprender a importância de ter uma alimentação saudável e incluir atividades físicas em sua rotina. Com diabetes tipo 1, começou cedo a monitorar os índices glicêmicos diariamente e ter acompanhamento médico frequente.

O diabetes tipo 1 geralmente aparece na infância ou adolêscencia, mas pode ser diagnosticado em adultos também. É uma condição crônica em que o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina, e representa de  5 e 10% do total de pessoas com a doença1. Controlar o nível de glicose no sangue é uma das ações mais importantes para quem tem diabetes, pois ajuda a evitar complicações.

No começo, Regina ficava sem jeito de contar para outras pessoas que tinha diabetes, achava que a enxergariam de outra maneira. Mas, ao longo dos anos, foi descobrindo que é possível, sim, viver com o diabetes, ter uma rotina cheia de qualidade de vida, histórias para contar e muitos sonhos para realizar.

O avanço da tecnologia também contribuiu muito para que esse cenário fosse possível. “Não tenho mais necessidade de picar os dedos várias vezes ao dia. Hoje, quando meu marido desconfia que estou com hipoglicemia, por exemplo, ele mesmo pega o aparelhinho e passa no meu braço”. O FreeStyle® Libre tem um sensor do tamanho de uma moeda de 1 real. Eliminando as rotineiras picadas de ponta de dedo2,3, você aplica o sensor parte superior posterior do braço e, com um leitor, acompanha os níveis de glicose a cada minuto. Assim, ficou muito mais fácil medir a glicose, e o tratamento tornou-se muito mais eficiente.

Assista Assista

Essa é a história dela.


Onde quer que você esteja na jornada da vida, os produtos inovadores da Abbott ajudam você e sua família a viver mais e melhor.

 

“As informações são fornecidas para fins informativos somente e não substitituem  a orientação de um médico ou outro profissional de saúde. Você não deve utilizar a informação contida aqui para diagnosticar um problema de saúde  ou doença. Você deve sempre consultar um médico ou outro profissional de saúde.”

RMS ANVISA:80146501903. ANATEL 04072-14-09992

  1. http://www.diabetes.org.br/publico/diabetes/tipos-de-diabetes
  2. Há três circunstâncias nas quais o teste de ponta de dedo é necessário: a) Durante períodos de rápida alteração nos níveis da glicose (a glicose do fluido intersticial pode não refletir com precisão o nível da glicose no sangue); b) Para confirmar uma hipoglicemia ou uma iminente hipoglicemia registrada pelo sensor; c) Quando os sintomas não corresponderem às leituras do sistema flash de monitoramento da glicose
  3. Bailey, T., Bode, B. W., Christiansen, M. P., Klaff, L. J., & Alva, S. (2015). The Performance and Usability of a Factory-Calibrated Flash Glucose Monitoring System. Diabetes Technology & Therapeutics.