Envelhecer é natural, mas perder músculo, não
 
Nutrition

Envelhecer é natural, mas perder músculo, não

Para mensurar a força e a massa muscular você não precisa ser um levantador de peso, e muito menos participar de uma disputa para ver quem tem  o maior bíceps. E, na verdade, nem deve. O importante é ter em mente que a saúde muscular é fundamental para uma vida ativa, principalmente na fase adulta, em que os músculos começam a ficar comprometidos.

O Brasil carece de dados nacionais, mas de acordo com estudo realizado no Estado de São Paulo, com 1.149 pessoas, a sarcopenia - uma condição caracterizada pela perda progressiva de massa magra e força muscular-, foi diagnosticada em 30,5% dos casos, sendo mais prevalente entre as mulheres, registrando 16,1%1.

A perda de massa muscular começa aos 40 anos e diminui a força, resistência e mobilidade, bem como aumenta gradativamente o risco de quedas, doenças e problemas de saúde. Nesta fase, uma alimentação adequada rica em proteínas e nutrientes específicos (como o HMB: beta-hidroxi-beta-metilbutirato) pode contribuir para prevenir a degradação muscular. Pouco conhecido, o HMB é um ingrediente de preservação muscular, produzido pelo próprio corpo, e encontrado em alguns alimentos.

O HMB é ingrediente-chave do produto lançado pela Abbott no Brasil, o suplemento nutricional Ensure® Plus Advance. Quando combinado com proteínas e vitaminas, é capaz de diminuir a degradação muscular, prevenindo ou amenizando a perda de funcionalidade, e assegurando mais qualidade de vida e um envelhecimento saudável.2,3,4,5

Conforme o envelhecimento, alterações hormonais podem contribuir para a forma como o seu corpo constrói e recupera os músculos, e no caso de pessoas com sarcopenia, a maioria está ligada a uma alimentação inadequada, bem como à inatividade, seja por falta de exercícios físicos, por uma hospitalização ou por conta de problemas de saúde existentes.

Para manter a saúde muscular em dia, o recomendado por nutricionistas é o consumir proteína6, praticar exercício aeróbico7, acrescentar peso aos treinos8 e aumentar os níveis de HMB, presente no suplemento nutricional Ensure® Plus Advance.

Envelhecer é natural, mas a perda muscular não. Podemos prevenir essa perda, mas sempre tendo em mente que é fundamental procurar um médico ou um especialista antes de iniciar o uso de suplemento, ou até mesmo mudar a dieta alimentar.

“As informações são fornecidas para fins informativos somente e não substitituem  a orientação de médico ou outro profissional de saúde. Você não deve utilizar a informação contida aqui para diagnosticar um problema de saúde  ou doença. Você deve sempre consultar um médico ou outro profissional de saúde.”

 

REFERÊNCIAS

1.Prevalence and associated factors of sarcopenia among elderly in Brazil: findings from the SABE study. Alexandre Tda S1, Duarte YA, Santos JL, Wong R, Lebrão ML. São Paulo. 2006. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24626756  

2.Deutz NE, et al. A randomized clinical trial of readmission and mortality in malnourished, older, hospitalized adults treated with a specialized oral nutrition supplement. Ann Int Med. 2016.

3.Deutz N, Pereira S, et al. Effect of b-hydroxy-b-methylbutyrate (HMB) on lean body mass during 10 days of bed rest in older adults. Clinical Nutrition 2016,  32 (2013) 704e712.

4.Molfino A et al.  Beta-hydroxy-beta-methylbutyrate supplementation in health and disease: a systematic review of randomized trials.  Amino Acid. 2013;45:1273-92.

5.Ekinci O, et al. Effect of calcium β-hydroxy-β-methylbutyrate (CaHMB), vitamin D, and protein supplementation on postoperative immobilization in malnourished older adult patients with hip fracture: a randomized controlled study. Nutr Clin Pract. 2016 mar 10. Pii 0884533616629628.

6.Protein and older adults. Chernoff R. 2004. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15640517

7. National Institute On Aging. Exercise & Physical Activity: Your Everyday Guide from the National Institute on Aging. 2016. https://www.nia.nih.gov/health/publication/exercise-physical-activity/sample-exercises-strength

8.Optimal management of sarcopenia. Burton L; Sumukadas D. 2010.  http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2938029/