Então, como é realmente viver ao máximo para você?
 
Então, como é realmente viver ao máximo para você?

Então, como é realmente viver ao máximo para você?

Todos nós conhecemos alguém vivendo ao máximo. É a pessoa que consegue administrar uma vida ocupada, mas bem equilibrada, repleta de variedade, satisfação e alegria.

Mas, como é “viver ao máximo” em todo o mundo? Significa coisas diferentes para pessoas diferentes em diferentes culturas? E, mais importante, como todos nós podemos chegar mais perto de viver plenamente?

Para descobrir, perguntamos a diversos líderes ao redor do mundo.

PRESENÇA:

“Viver o momento, atento e animado, e ser capaz de aproveitar as coisas agora. Não se preocupar com o passado, ou adiar a felicidade para um futuro distante.” - Dr. Joos Meyer, médico do Fremantle Hospital no oeste da Austrália

“Nós temos que ser introspectivos para viver uma vida consciente. As pessoas mais satisfeitas que eu já conheci eram completamente conscientes de seus próprios pontos positivos, e assumiram tarefas, trabalhos, carreiras, amizades, parcerias, experiências, aventuras, projetos e atividades de todos os tipos que reforçassem esses pontos fortes.” – Dr. Anthony L. Rose, psicólogo, presidente e CEO do The Biosynergy Institute em Rancho Palos Verdes, Califórnia, EUA

GRATIDÃO:

“Ser grato, até mesmo pelas pequenas coisas em suas vidas, pode ter um impacto enorme. Dedicar apenas alguns minutos por dia para escrever uma lista de coisas pelas quais você é grato tem o potencial de mudar totalmente a visão da vida.” – Elizabeth Mack, psicoterapeuta profissional em consultório particular em Los Angeles, Califórnia, EUA

“As pessoas que vivem ao máximo não fazem de conta que coisas ruins ou indesejáveis não acontecem, elas apenas tendem a aprender mais com essas situações. Por estarem dispostas a aprender com a vida, elas podem ser mais gratas pelas lições que surgem.” – Leo Willcocks, consultor de estresse em Sidney, Austrália

A saúde física também parece estar intrinsecamente ligada com viver ao máximo. É importante por si só, dizem os especialistas, mas também como uma base para a vida espiritual e mental de uma pessoa.

BEM-ESTAR HOLÍSTICO

“Manter o bem-estar significa prestar atenção de forma equilibrada a três áreas: mente, corpo e espírito.” - Elizabeth Mack, em Los Angeles, Califórnia, EUA

“Dormir o suficiente, respirar, fazer intervalos, exercitar-se, prestar atenção na dieta. O exercício libera endorfina, que ativa uma sensação positiva no corpo.” – Dr. Nupur Kohli, médico na Academic Medical Centre, em Amsterdã, Holanda

GENEROSIDADE

“Doe-se ao próximo até que você se sinta vazio, tenha espaço para ser reabastecido para doar-se novamente, sempre. No fim, a pessoa satisfeita é aquela que consegue sincronizar o bem-estar em sua vida e com a vida das pessoas com quem entra em contato.”  - Dr. Anthony L. Rose, The Biosynergy Institute, Califórnia, EUA

POSITIVIDADE

“Autocrítica e pensamento negativo são inimigos da felicidade e da realização. Nossos pensamentos são o alimento de nossa mente. Quando podemos nos motivar com autocompaixão, estamos no caminho verdadeiro para a saúde e o bem-estar.” - Elizabeth Mack, em Los Angeles, Califórnia, EUA