Férias de verão: 4 dicas para as crianças comerem bem mesmo fora de casa
 

Férias de verão: 4 dicas para as crianças comerem bem mesmo fora de casa

Você não precisa escolher entre a diversão e a alimentação saudável do seu filho. É possível garantir alternativas para que eles comam bem e consigam aproveitar as férias de verão ao mesmo tempo. Veja as nossas sugestões:

Hidratação em primeiro lugar 
As crianças não costumam lembrar de beber água, se estiverem distraídas com outras atividades. E poucas coisas são tão dispersivas quanto as férias de verão. Por isso, procure oferecer líquidos com frequência. Água, água de coco e sucos naturais vão repor as vitaminas e os sais minerais que eles acabam perdendo durante a transpiração.

Evite dar refrigerantes aos seus filhos. Além do excesso de açúcar e substâncias químicas, as bebidas gaseificadas colaboram com a desidratação e a eliminação de sais minerais pela urina.

Frutas sempre à mão
Leve frutas cortadas em potinhos dentro de uma sacola térmica quando for passear com as crianças. Sucos e picolés de frutas também valem, só evite as versões em que o açúcar aparece entre os primeiros ingredientes no rótulo.

Sanduíches caseiros e biscoitos integrais
Se o seu filho for do tipo que não come frutas de jeito nenhum, saia de casa com lanchinhos caseiros e integrais. Você pode preparar um sanduíche com pão integral, queijo branco, alface, tomate e cenoura, por exemplo. Ou levar biscoitos feitos com farinha integral. A dica é sempre ler o rótulo e ver se a farinha integral vem antes da farinha de trigo branca.

Outra sugestão para que as crianças não exagerem na dose é não deixá-las com o pacote de biscoito nas mãos. Prefira oferecer quantidades limitadas compatíveis com a fome e as necessidades delas.

Opções saudáveis fora de casa
Se a fome do seu filho pegar você desprevenido, existem opções fáceis como milho cozido, biscoito de polvilho, picolés de fruta, sucos e água de coco. É bom evitar as frituras e os sanduíches com maionese e salpicão vendidos na praia, além de alimentos que oferecem riscos de contaminação como camarão, empadas e salada de frutas.

Durante as viagens, aproveite o café da manhã do hotel para uma alimentação reforçada, mas como a oferta costuma ser cheia de guloseimas, lembre-se de não permitir que exagerem no pão e procure oferecer sempre a versão integral. Também é bom evitar frituras, alimentos gordurosos e com muito açúcar.

“As informações são fornecidas para fins informativos somente e não substitituem  a orientação de médico ou outro profissional de saúde. Você não deve utilizar a informação contida aqui para diagnosticar um problema de saúde  ou doença ou adotar como tratamento. Você deve sempre consultar um médico ou outro profissional de saúde.”