Escrever seus planos e desejos ajuda na sua concretização, diz estudo
 

Escrever seus planos e desejos ajuda na sua concretização, diz estudo

Pesquisa mostra que, quanto mais o projeto se torna público, maior a probabilidade de ele se tornar realidade.

Encerramentos de ciclos, como o final de um ano, são os momentos em que paramos para avaliar o que se passou e projetarmos o que queremos para o futuro. E para que os planos para 2016 não fiquem apenas na idealização, aí vai uma dica: escreva-os no papel!

Uma pesquisa realizada pelo Dr. Gail Matthews, da Universidade Dominicana da Califórnia, mostra que é necessário um pouco mais de esforço do que apenas um pensamento para que os planos se concretizem. Segundo o estudo, escrever seus objetivos e comprometer-se com metas aumenta as chances de se realiza-los. A pesquisa dividiu um grupo de 149 pessoas em cinco subgrupos, que teriam quatro semanas para concretizar estes desejos. Estes grupos tinham as seguintes tarefas:

- Grupo 1 - só pensar em seus objetivos;

- Grupo 2 - pensar e escrever;

- Grupo 3 - pensar, escrever e contar para amigos;

- Grupo 4 - pensar, escrever, contar para os amigos e colocar metas para concluí-los;

- Grupo 5 - fazer os passos do grupo 4 e ainda atualizar constantemente os amigos sobre o andamento.

O resultado foi que o grupo 1, aquele que não precisou nem mesmo escrever, foi o que concretizou menos projetos que qualquer um dos outros grupos. A proporção das concretizações aumentou conforme a complexidade da tarefa e, quanto mais comprometimento público (os que precisaram contar para amigos os seus planos), melhores foram os resultados.

Por isso, uma boa resolução para o fim do ano é: separe um caderno para escrever cada um de seus projetos, conte para os amigos, e mãos à obra!